Sem desculpas para não fazer a dieta da Tapioca!

Sou uma apaixonada de carteirinha por pães de todos os tipos, porém, não sofro quando resolvo substituí-los por tapioca.

Geralmente, alterno uma semana de pão integral e outra de tapioca e os finais de semana de pão gostoso. 😀

Com a popularização da tapioca, em qualquer feira é possível encontrar o polvilho pronto para ir à frigideira. Até versões industrializadas já se encontra facilmente nos supermercados (dispenso!).

Mas, quando meu estoque de farinha de tapioca paraense acaba (a melhor que já provei, a tapioca fica super macia e de um sabor incrível) tenho que recorrer aos métodos rudimentares e preparar eu mesma o polvilho.

Chega junto.

Você vai precisar de qualquer polvilho doce de supermercado, água e paciência.

1. Coloque o polvilho em um recipiente e cubra com água filtrada até que a mistura fique líquida.  (faça isso na noite anterior)

2. Deixe repousando na geladeira por umas 8 horas (isso garantirá que seu polvilho ficará bem hidratado e renderá tapiocas macias).

3. Transcorrido o tempo, o polvilho formará um “bloco” no fundo da vasilha, então é possível escorrer a água da superfície facilmente.

4. Seque bem com várias folhas de papel toalha ou com um guardanapo limpo.

PicsArt_1418584116138

5. Esfarele em pedaços menores com as mãos e depois passe por uma peneira grossa. (se o polvilho não estiver peneirando com facilidade devolva-o à geladeira para que seque mais um pouco, e repita o passo anterior)

PicsArt_1418584238014

6. Depois de peneirada, aqueça uma frigideira antiaderente (sem óleo, sem nada) e coloque colheradas da farinha até a espessura do disco desejada.

7. Aguarde até que seja possível virar o disco sem desmanchar; vire e acrescente o recheio da sua preferência.

PicsArt_1418584508878 PicsArt_1418584708983

Essa tapioca gorda da foto era do Felipe, recheio de  queijo, e, pasmem, leite condensado!

Os meus recheios preferidos são queijo branco e goiabada light, peito de peru e polenguinho, sem contar a tradicional de manteiga. Hummm, diliça!

Ps: perdoem a receitinha tosca, é que o tempo anda curto por aqui! (prometo algo especial no final de semana)

Anúncios

2 comentários sobre “Sem desculpas para não fazer a dieta da Tapioca!

  1. AMO, AMO, AMO e AMO!! E nao foi “receitinha tosca”, viu!! Nunca preparei, eu mesma, a farinha… mas agora, por sua causa, hei de tentar, prometo!!
    DELICIAA…. sou apaixonada por tapiocas, idem meu filho, portuguesinho mais tupiniquim que ja vi nesta vida…. no entanto, preferimos as “gordas” (doces), porém, experimentando/conhecendo mais as com recheios salgado ou só com manteiga que tb adoro!.
    Parabéns, amei!!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s