Uma sexta qualquer…

 

 

19h: telefone toca e eu me assusto  (ultimamente é assim).

Felipe Amor” chamando…

Eu, nesse momento, estava em casa mais ou menos assim:

estudando_exausta_horrorosa

E a primeira pergunta dele é: “o que tá fazendo?”

Caramba, todas as vezes que ele tem que me ligar, ele insiste nessa pergunta que eu odeio, e na hora penso em respostas do tipo:

“Tô plantando bananeira na varanda de casa”

“Tô fazendo NADA, absolutamente NADA, o de sempre NADA”.

“Tô jogando FIFA 2014“.

Sério, gente, ele tem obsessão por essa pergunta miserávi!

Muitas vezes estamos os dois no sofá, assistindo TV, ele vira pra mim e solta: “o que está fazendo?”

Ele acorda e eu estou preparando o almoço e, antes do bom dia, ele diz: “o que está fazendo?”

Estou calçando a sandália para irmos à missa: “o que está fazendo?”

Mas… me seguro, conto até um milhão e quinhentos e oitenta e sete,  e respondo um simples:

“Estudando UÉ!!!!??? O que mais faço da vida, heim???? Além de estudar e cuidar de casa e das suas coisas… Ou você acha que eu não faço nada nessa casa, que fico o dia inteiro dormindo??? Que suas roupas vão caminhando sozinhas para a máquina… Que nossas lixeiras são autolimpantes… Que o cachorro vive de vento… “

E ele, que já sabe o quanto eu odeio essa pergunta, desconversa no mesmo instante…

E emenda, com voz cansada e carente de quem trabalhou o dia inteiro e sequer teve tempo de vir almoçar em casa:

“AMOR, quero fazer alguma coisa com você hoje… sair só nós dois, vamos??!”

Respondo um desinteressado: “pode ser,amor!

Mas a minha reação ao encerrar a ligação FOI essa:

very_happy_gif

Assim, tipo… sou uma pessoa que cria/alimenta/inventa muitas EXPECTATIVAS!!

Logo, não me prometa nada que não tenha a convicção plena e absoluta de que irá cumprir vivo ou morto… Pode passar mil anos e eu irei te mandar a conta…

E mais, seja específico e o mais claro possível em suas promessas, não deixe margem para que eu imagine algo a mais do que você pensa em realizar…

Voltando ao diálogo pelo celular.

Ele: : “vá se arrumando então, pois sabes que tomo banho em 5 minutos , me apronto rápido!”

Raciocinem comigo: Sexta-feira a noite + Felipe passou a semana inteira trabalhando das 8h às 20h + eu que reclamo com frequência a escassez de programas a dois…

Ele chega e eu estou testando vários looks …

Daí resolvo perguntar: “Amor, que tipo de programa vamos fazer?!”

“Só se arrume, deixa o resto comigo…”

Caramba… que homem decidido! (vomitei milhões de coraçõeszinhos!)

Agora, o problema: pensar em um look que sirva, AO MESMO TEMPO, para:

uma balada de música eletrônica,

uma casa sertaneja,

um jantar romântico a luz de velas,

um jantar ao ar livre,

um barzinho com música ao vivo,

um lanche na barraquinha do “Zé DOG”… (se você é de ou mora em Cuiabá, certamente saberá)

então, MEU LOOK FICOU MAIS OU MENOS ASSIM:

dica_look_ir_qualquer_lugar

Uma blusa de paetê que vai bem em qualquer baladinha ou lugar chiquetoso…

Um shorts jeans que é básico e quebra esse lance chique do paetê…

Uma meia calça que irá proteger dos pernilongos e deixar o look mais com cara de arrumadinho… aproveitei e escolhi uma meia calça sexy… vai que, né?!

Um blazer que cairá bem naquele restaurante com ar condicionado no 12 e também te deixará com um ar descolado, e também porque é uma peça que você poderá ou não descer com ela do carro…

Uma ankle boot, que não sabe se é bota, scarpin ou sandália, logo, perfeita para situações de indecisão

E uma make com um mix de cores, pois na dúvida, táca tudo qué cor da sua paleta na cara e vai confiante….

Ahhh, por outro lado, como é bom ser homem…

com o KIT calça jeans, camiseta e sapatênis, eles vão para  qualquer lugar….

look_man_basic

Enfim, ele toma banho, troca de roupas e depois de 2 horas e meia eu termino minha produção super básica do tipo “só passei um blush, máscara para cílios e gloss”…

Saímos…. e ele começa a rodar por toda Cuiabá , o que não leva mais de 15 minutos, porém, isso começa a me irritar…

“Você sabe onde quer ir??!”

“bom, tipo, pesquisei, ouvi falar, li por aí, mas não me lembro, de um lugar, tipo, daqueles que servem comida meio sei lá… achei que era nessa rua, mas depois percebi que poderia ser mais ali na frente, agora estou meio perdido… mas, escolhe aí amor, em que lugar você quer ir?!”

Ele é um “pouco” indeciso…

“Como assim?!?!?!? EU QUE TENHO QUE ESCOLHER???!! PUTZ GRILA,  MAS ó SÓ NÃO ME VENHA COM LANCHE OU PIZZA”!

“Calma amor… é brincadeira”

(e quando ele diz isso eu me sinto uma louca psicótica, e isso agrava mais ainda a situação, pois quem é louca aqui heim???!! Quem??? Fala aí??? Não tem coragem?? Fala na cara!!!)

Mais 30 minutos rodando sem rumo… e um silêncio reinando no carro….

Finalmente, ele para e aponta o lugar….

“Vamos comer aqui mesmo amor, agora lembrei que há tempos quero conhecer essa PIZZARIA???”

Gente, rolem o cursor e vejam meu look para sexta à noite, agora imaginem minha reação após ele parar para jantarmos em uma pizzaria, sendo que eu disse que NÃO QUERIA PIZZA, e a pizzaria era assim bem familiar, com um imenso playground na frente, e com mil crianças berrando…..

pizzaria

Fim da noite….!

Só faltou o playground na calçada, é que tirei a foto enquanto espancava o painel do carro com o celular (uma técnica muito boa para aliviar a raiva e preservar o relacionamento)!

Anúncios

8 comentários sobre “Uma sexta qualquer…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s