2015 mais organizado – Fase 1 – O que deu certo em 2014?

Antes de tudo, uma breve explicação.

EU gosto de organização, produtividade, limpeza, rotina, acordar cedo, e, para meu desespero, Felipe, nem tanto.

Só pra ilustrar nossas diferenças…

FELIPE
FELIPE
PRISCILA
PRISCILA

Me sinto bem  e durmo tranquila quando sei exatamente o que preciso fazer no dia seguinte (com as atividades listadas sequencialmente), quando estiver no trabalho, em casa, na rua, em viagem. Além disso, exceto quanto estou cozinhando, gosto de realizar uma tarefa de cada vez (Ex. seleciono o material de estudo, estudo e guardo, assim por diante). Maasss NÃO me considero metódica! (entendidos??!)

Por sua vez, Felipe não dorme e muito menos acorda em horários certos, não se incomoda com bagunça, tem tendência de acumular objetos e papelada inútil e consegue trabalhar, assistir TV, comer e ouvir arrocha, tudo ao mesmo tempo.

Significa que conto até 10, 20, 100, 10000 pra não ter uma crise de nervos e cravar minhas unhas na jugular dele por ser tão bagunceiro. (é força de expressão, tá amor?!)

Os opostos realmente se atraem, mas essas diferenças podem infernizar o cotidiano de qualquer casal.

 

Como conciliar?!

Desde que resolvemos juntar as escovas de dentes, venho testando minha paciência vários métodos de organização pra adaptarmos nossas diferenças e evitar que eu tenha, todos os dias, um ataque de nervos.

Quando solteira, morei sozinha por alguns anos, portanto, desenvolvi vários bons hábitos para uma organização mínima (segundo o Felipe tratam-se de “manias, ou doidices”):

Pela noite: preparar  algo para o almoço do dia seguinte, e deixar a roupa separada. Assim, conseguia tomar banho, me vestir, arrumar cabelo e maquiagem em menos de 10 minutos. Café da manhã era no trabalho.

Pela manhã: alimentar meu gato, trocar a areia, recolher os lixos, lavar o sanitário durante o banho, arrumar a cama.

Almoço: algo super prático e rápido, já que não me importo em comer a mesma coisa todos os dias (salada + uma porção de proteína + uma de carboidrato). Ex. salada verde, ovos cozidos e purê de batata doce era uma opção de almoço que se repetia enquanto duravam esses ingredientes na geladeira. Depois, só substituir o ovo cozido por bife ou frango grelhados, etc.

Outras “manias”: sempre lavar a louça, limpar a mesa, a bancada e o fogão após as refeições. Trocar toalhas de banho a cada dois dias. Faxinar a casa uma vez na semana. Pensar no que iria comer na semana seguinte e ir ao mercado no sábado. Periodicamente, separar roupas encostadas para doação e rever papeis armazenados (continuar guardado ou lixo). Várias “listas de verificação” (ou checklist) armazenadas no computador, desde coisas que não devem ser esquecidas de levar na mala de viagem, rotinas diárias, tarefas em dia de faxina, etc.

Ano passado, tudo mudou.

Deixei minha pequenina casa, minha cidade, família, o trabalho e fui me aventurar no desconhecido, e constituir uma união estável com Felipe e, por consequência, passei a ficar “em casa SÓ estudando”.

Uma mudança repentina que me obrigou a resetar (ato de apagar opções escolhidas ou configuradas) e reprogramar toda minha vida. Imaginem um carro desgovernado ladeira abaixo, agora alguém pisa no freio e puxa o freio de mão, quase essa a sensação.

Mas, como tudo na vida é um aprendizado constante, ser acostumada a uma rotina me ajudou muito a superar tudo isso e ajudar o Felipe a ser um pouco mais organizado.

Voltando ao tema do post:

O que deu certo em 2014, em termos de organização, que vale a pena ser compartilhado?

Encarar os estudos como sendo um trabalho, ou seja, hora pra começar e terminar (ainda não está totalmente implementado, mas chego lá). Ficar em casa pode lhe dar a falsa impressão de que seu dia será longo o suficiente para postergar tarefas importantes, isso é uma armadilha. Sem uma rotina diária preestabelecida as horas voam sem rendimento algum.

– Agenda. Mesmo em casa e sem muitos compromissos, a agenda foi essencial para que eu tirasse pequenas preocupações da minha cabeça. Utilizei a do celular pra anotar tudo, consultas, remédios, salão, supermercado, algo que deveria cobrar o Felipe, períodos que estaríamos viajando, aniversários, datas comemorativas.

Caderno de anotações. Ao invés de vários post-it, um único caderno. Comecei com o caderno em novembro passado, estávamos em reforma e mudança. Foi uma mão na roda, sempre por perto, lá rabiscava tudo: medidas da casa, cores de tintas, listas de materiais, providências a cobrar dos profissionais envolvidos, algo pra ver quando estivéssemos do outro lado da cidade, orçamentos recebidos por telefone, contas bancárias pra pagamentos, alguma dúvida que deveria pesquisar no google depois…

DSC02828

 Felipe adorou a ideia e sempre dizia: “Amor, anota isso no seu caderninho?!” ou “Você trouxe o caderno, né?!”.

DSC02827

De tão prático, o que seria transitório passou a ser essencial. Esqueço o desodorante, mas não meu caderninho surrado. Mesmo depois da mudança descobri um mundo de coisas pra anotar ali. Se estou na cozinha, percebo que acabou algo, já escrevo lá. Na mesa de estudos, alguém liga, alguma questão pra resolver depois, anoto. No criado, ao lado da cama, se os pensamentos não me deixam pegar no sono, desabafo nele. Depois disso, não tive problemas com anotações perdidas.

Ah, e minha agenda no celular tem vários compromissos assim: “verificar o caderno”, “agendar tal coisa, dados no caderno”, “ir ao supermercado, lista no caderno”, etc.

Optei por um caderno de capa maleável, pequeno e com arame. Transporto em qualquer tamanho de bolsa, posso dobrá-lo ou arrancar alguma página desnecessária. No geral, inauguro a página com a data da anotação e passo um traço nas tarefas cumpridas.

– Rotinas domésticas. Estabelecer um roteiro diário para organização mínima da casa, programar as idas ao supermercado (sempre com lista de compras baseada no cardápio da semana seguinte), checklist para uma faxina completa, armazenar em um só local receitas práticas que utilizo no dia a dia…

Ter uma casa limpa e organizada faz bem a qualquer ser humano e otimizar essas tarefas foi essencial pra mim.

Exemplo de cronograma que utilizo:

Trocar a água e colocar uma medida de ração para o Rico pela manhã e outra pela noite

Arrumar a cama

Lavar a louça sempre após cada refeição

Tirar o lixo (pela manhã até as 10h, a tarde até 16h)

Preparar UMA refeição

Limpar o chão da cozinha (pano úmido)

Limpar o balcão da cozinha

Limpar o fogão

Toda segunda – trocar toalhas de banho. Toda terça – elaborar lista de compras. Toda quarta – passar as tarefas para a diarista e ir ao supermercado. Lavar os guardanapos e panos de limpeza. Toda quinta – trocar e lavar toalhas de banho e roupas de cama.Toda sexta – Lavar roupas de usar em casa e de academia. Aos sábados – aspirar a casa toda e passar pano úmido. Lavar dentro das pias dos banheiros e sanitários. Lavar as camisas sociais e roupas brancas.

 

Ressalto que, as tarefas domésticas devem ser uma questão de ocasião e não de gênero.

Na porta da minha geladeira está esse cronograma e Felipe é indagado todos os dias: “verifique o dia da semana e escolhe o que fazer da lista para ajudar!” Está dando muito certo, e quase não ouço a desculpa: “mas eu não sei o que fazer!!!”.

– Rotinas para cuidados pessoais. Pode parecer loucura (talvez seja mesmo), mas tenho anotado até meu ritual de cuidados, um ao acordar outro ao dormir. O motivo? Antes disso, tinha dias que eu acordava, tomava café, depois banho, depois estudo; em outros, acordava, tomava banho, decidia estudar um pouco antes do café, esquecia do café, ou do banho, ou de estudar. Uma bagunça! Agora já incorporei um ritual ao acordar e ao dormir (anotei mesmo, tudo na ordem) e também agendo sempre com antecedência as idas ao salão.

Claro que depois de um tempo tudo fica no “automático” e bem tranquilo de levar

Exemplo:

 

Pela Manhã

Banho e trocar de roupa

Lavar rosto, água thermal, ácidos, cremes, protetor solar, base em pó

Pentear e prender os cabelos

Tomar um copo de água e meus remédios

Preparar meu café (alguma fruta, café, pão, tapioca, mingau de aveia, etc)

Verificar e separar o que for necessário para o almoço

Escovar os dentes

Estudar

 

Almoço

Duas horas para preparar o almoço, almoçar e organizar a cozinha

 

Pela noite

Tomar banho, lavar o rosto, escovar os dentes e os cabelos

Água thermal e cremes no rosto

Hidratante nos pés e no corpo

Tomar anticoncepcional

30 minutos para alguma leitura sem ser jurídica (novidade!)

Bom, detalhei o que foi de mais importante na organização de 2014 e que permanecerá em 2015, porém, com algumas ferramentas novas e mais listagens (contarei aqui depois). 

Anúncios

9 comentários sobre “2015 mais organizado – Fase 1 – O que deu certo em 2014?

  1. Ufa!! Que alivio saber q nao sou só eu que tenho esses “tocs”!!! Vou mandar renan ler esse post p ele ver que nao sou tao louca assim como ele fala..kkkk… ou vamos ser duas :))

    Curtir

  2. Priscila, sou uma bagunceira perto de você kkkk mas gostei das dicas e tenho certeza que um pouco mais de organização nas nossa vidas vai fazer muito bem. Ano que vem vou colocar em prática algumas das suas sugestões. Beijos

    Curtir

    1. kkkkkkk Li a postagem hoje, um dia após a publicação, e quase me convenci que Felipe tem razão. Mas, olhei para o lado, vi a mesa dele (que está pior que a foto do post) e respirei aliviada. Espero que as dicas possam ajudar e vc não é bagunceira, eu que sou… sou…. sou… daquele jeito!

      Curtir

  3. Adorei a idéia do caderninho dobrável .. rs

    Amiga querida , no dia que tiver filhos verá que não existe rotina e nem como programar o que fazer no dia … rsrs

    e espero que não demore para ver uns bacurizinho dessa linda união entre vc é Felipe …

    Saudades …

    Curtir

    1. Amigas e mamães, Camila e Célia. Ainda não sei como será quando vier(em) o(s) filho(s), provavelmente não será a mesma rotina, mas haverá alguma, assim do tipo MILITAR. KKKKKK No futuro contarei como será. Obrigada por acompanhar as novidades do meu BLOG. Bjs!!

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s